Domingo, 30 de Maio de 2010

 

A Costa Rica é um país com uma biodiversidade incrível e que tem sabido tirar proveito disso. São frequentes os serpentários, os ranários, os borboletários e os jardins de colibris.

 

Os colibris ou beija-flor são passarinhos formidáveis: com um bater de asas fulgurante (mais de 100 batimentos por minuto) e com penas irisdicentes, que mudam de tonalidade conforme a incidência dos raios solares, são atracções de êxito garantido.

 

Por isso, quase todos os parques têm um jardim de colibris, que consiste em diversos bebedouros contendo água açucarada, pendurados por ali. Depois, é só esperar e é certo e sabido que muitos colibris vão aparecer para, com o seu longo bico, irem sugar a água doce.

 

A foto é de um dos Jardins de Colibris perto da reserva do Bosque Nebuloso de Monteverde e, em redor destes bebedouros, dezenas de turistas, alguns com máquinas fotográficas do tamanho de mobílias de quarto, estoiravam fotos em série.

 

Estive lá em abril de 2009.


Quinta-feira, 27 de Maio de 2010

 

O Parque Nacional Nahuel Huapi foi o primeiro parque nacional a ser constituído na Argentina, em 1934. É nesse Parque, situado na Patagónia, que se encontra o lago com o mesmo nome.

 

Estendendo-se nas faldas dos Andes, o lago Nahuel Huapi tem 529 km2, está a 770 metros acima do nível do mar e atinge a profundidade máxima de 438 metros.

 

Numa das margens dos 6 braços do Lago fica Bariloche que, no inverno, é um dos mais importantes centros de ski da América do Sul. No Verão, serve, por exemplo, como ponto de partida para passeios no Nahuel Huapi.

 

Mas não no dia em que lá passámos. Um vento forte começou a soprar à superfície do Lago e as águas começaram a agitar-se, formando ondas dignas de um mar, não de um lago. A pequena embarcação que deveria levar-nos no passeio ficou em terra, que foi de onde admirámos o lago e a magnífica paisagem circundante.

 

Estive lá em outubro 2007.


Terça-feira, 25 de Maio de 2010

 

Brasília é uma cidade única. Projectada de raiz por Lúcio Costa, em 1956, durante a presidência de Juscelino Kubitschek, foi desenvolvida, sob o ponto de vista arquitectónico, por Óscar Nimeyer.

 

O Museu é uma das obras mais emblemáticas do arquitecto. Situado na Esplanada dos Ministérios, o Museu fica no lado direito da avenida que nos leva até ao Parlamento e antes de chegarmos à Catedral, outra obra única de Nimeyer.

 

A sua forma semi-esférica e a rampa de acesso, que contorna quase todo o edifício, fazem do Museu um objecto que apetece fotografar de todos os ângulos.

 

O céu do Planalto Central, onde Brasília foi construída, faz o resto.

 

estive lá em abril de 2008


Segunda-feira, 24 de Maio de 2010

 

A Chapada dos Veadeiros é um local paradisíaco que o turismo de massas ainda não descobriu - e oxalá nunca venha a descobrir.

 

Situado no Estado de Goiás, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros foi fundado em 1961 e tem uma área de 655 km quadrados, sendo património da Unesco, desde 2001.

 

A partir de Brasília, são 240 km de estrada, sempre a direito, até Alto Paraíso, uma simpática localidade que serve de base para as expedições na Chapada.

 

Fauna e flora abundante, claro, mas também as cachoeiras de água cristalina e praticamente intocadas pelo homem. Ao longo do Rio de Couros, há quatro cachoeiras. A da foto, conhecida como franja, é a mais acessível, embora se tenha que atravessar o rio. No entanto, com uma corda e a ajuda de um guia experiente, qualquer um pode fazê-lo.

 

Do lado de lá do rio, junto à cascata, piscinais naturais de água pura e fresca, esperam por nós.

 

Estive lá em abril de 2008.


 

Monteverde é, talvez, a região mais famosa da Costa Rica. A cerca de 1400 metros de altitude, no coração da cordilheira de Tilarán, Monteverde tem uma floresta tropical única, com inumeras espécies, muitas delas raras, como é o caso do famoso quetzal iridiscente, uma ave bela e esquiva, que raramente se deixa ver (tivemos a sorte de ver uma).

 

A região de Monteverde é rica em atracções, no que respeita a turismo de Natureza - e uma delas é a Reserva do Bosque Nebuloso, constituída por uma floresta luxuriante, com árvores seculares, com muitos metros de altura e pejadas de epífitos e fetos, que se desenvolvem muito bem devido à altitude e à consequente humidade.

 

Uma das maneiras originais de visitar esta floresta é caminhando ao nível da copa das árvores, percorrendo este trajecto de cerca de 1000 metros de pontes suspensas. São cinco pontes suspensas  e caminhar nelas, vendo a floresta aos nosso pés, é outro momento único.

 

Estive lá em abril de 2009.


.sobre
breves apontamentos sobre os locais que já visitei.

visitantes andam por aqui.
.posts recentes

. Çanakalle, Turquia

. Capadócia, Turquia

. Istiklal Caddési, Istambu...

. Bergen, Noruega

. Flam, Noruega

. Parque Vigeland, Oslo, No...

. Sol da Meia-Noite em Trom...

. Hierápolis, Turquia

. Kusadasi, Turquia

. Pamukkale, Turquia

.tags

. todas as tags

.pesquisar
 
.mais sobre mim
.arquivos

. Outubro 2014

. Março 2014

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

.estiveram aqui recentemente
Isso e muito lindo
Ainda ontem jantei uma dourada que quase pesava 1K...
Boa tarde, Estive a ver atentamente este blog e ad...
Estaline queria que o metro fosse um ´´espelho`` d...
Já estive lá, fiquei encantada com as construções!...
.links
blogs SAPO
.subscrever feeds