Segunda-feira, 28 de Junho de 2010

 

Passar a fronteira entre a Estónia e a Rússia ainda é um hino à burocracia.

 

Depois de deixarmos Narva, a cidade fronteiriça da Estónia, chegamos ao primeiro posto, onde se levantam os impressos que, depois de preenchidos, serão entregues no 3º posto, 200 metros mais à frente, depois de passarmos esta ponte. Entretanto, no 2º posto, são mostrados e carimbados os passaportes por uma jovem polícia com ar muito zangado.

 

No 3º posto, um jovem barrigudo e uma mulher-polícia com uma lanterna, recebem os impressos e verificam que estão mal preenchidos. Depois de preenchidos novos impressos, espiolham o carro por completo, motor e porta-bagagens. Vem, depois, um militar de camuflado e um cocker que snifa todo o carro. No final, os impressos levam com o carimbo da ordem.

 

No 4º posto, que é logo ali, entregamos os impressos, que são mais uma vez carimbados e anotados por outra mulher-polícia. Finalmente, andamos cerca de 100 metros e, num 5º posto, os passaportes são novamente inspecionados.

 

Finalmente, 3 horas depois, estamos em Vyborg, a cidade fronteiriça do lado da Rússia.

 

Na fronteira entre a Rússia e a Finlândia, a bordo do Expresso Sibelius, a espera é apenas de 45 minutos, mas uma mulher-polícia russa ainda nos vem perguntar se levamos álcool ou tabaco e exige que lhes mostremos os euros!

 

Estive em ambas as fronteiras em junho de 2010.


 

O Parque Nacional de Lahemaa (terra das baías) foi estabelecido em 1971 e foi o primeiro da Estónia.

 

Situado a cerca de 80 km de Tallinn, os 725 km2 do Parque incluem antigas vilas com casas de madeira, florestas antigas, uma fauna variada, que inclui lobos e ursos, praias e pântanos, junto ao Báltico.

 

Uma das atracções do Parque é Palmse, uma antiga casa senhorial, pertencente a uma família balcânico-alemã que se estabeleceu neste local no século 18 e que, hoje em dia, está transformada numa casa-museu.

 

Estive lá em junho de 2010.

 


 

A 20 km a sudoeste de Riga, fica Jurmala (significa "costa").

 

Trata-se de um conjunto de elegantes casas, muitas delas de madeira, que se entedem por 33 km. Em frente, o golfo de Riga, e uma praia de areia branca e bandeira azul. Brejnev e outros altos dirigentes soviéticos, quando escolhiam o Báltico como destino de férias, era para Jurmala que vinham.

 

Com cerca de 55 mil habitantes, Jurmala é a quinta maior cidade da Letónia.

 

Estive lá em junho de 2010.


Domingo, 27 de Junho de 2010

 

Porvoo é uma pequena cidade, a 50 km a leste de Helsínquia que tem importância histórica para os finlandeses. Foi nesta cidade que o czar Alexandre I concedeu a independência à Finlândia, em 1809.

 

A parte antiga da cidade continua a ser constituída, apenas, por pequenas casas de madeira, nomeadamente o conjunto documentado na foto, à beira do rio Porvoo (Porvoonjoki).

 

A origem da cidade remonta ao século 14 e é uma das seis cidades medievais finlandesas. Na Finlândia, quase toda a gente é bilingue, falando finlandês e sueco. Nomes de cidades, de ruas e não só, surgem sempre nas duas línguas. Em sueco, Porvoo chama-se Borga.

 

Estive lá em junho de 2010.

 


 

A Catedral de Helsínquia, luterana, é o ex-libris da capital da Finlândia.

 

Construída em estilo neo-clássico, entre 1830 e 1852, tem uma cúpula central, verde e mais quatro cúpulas mais pequenas, também verdes com estrelas douradas, sendo o seu autor, Carl Ludvig Engel.

 

Situada numa dos lados da Praça do Senado, no alto de uma escadaria, a catedral domina toda a cidade, que não tem arranha-céus e é vista de todo o lado, nomeadamente do golfo da Finlândia, em cujas margens cresce Helsínquia.

 

Estive lá em junho de 2010.


.sobre
breves apontamentos sobre os locais que já visitei.

visitantes andam por aqui.
.posts recentes

. Çanakalle, Turquia

. Capadócia, Turquia

. Istiklal Caddési, Istambu...

. Bergen, Noruega

. Flam, Noruega

. Parque Vigeland, Oslo, No...

. Sol da Meia-Noite em Trom...

. Hierápolis, Turquia

. Kusadasi, Turquia

. Pamukkale, Turquia

.tags

. todas as tags

.pesquisar
 
.mais sobre mim
.arquivos

. Outubro 2014

. Março 2014

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

.estiveram aqui recentemente
Isso e muito lindo
Ainda ontem jantei uma dourada que quase pesava 1K...
Boa tarde, Estive a ver atentamente este blog e ad...
Estaline queria que o metro fosse um ´´espelho`` d...
Já estive lá, fiquei encantada com as construções!...
.links
blogs SAPO
.subscrever feeds