Quarta-feira, 27 de Junho de 2012

 

Construído no século 16, o castelo de Ljubljana fica situado no alto da colina que domina a cidade.

 

Durante os séculos 17 e 18 foi residência real e, depois, devido às suas espessas e inexpugnáveis paredes, serviu de prisão. Hoje em dia, não passa de atracção turística.

 

Podemos chegar lá acima graças a um funicular que parte junto ao Mercado.

 

Estive lá em junho de 2012.


 

O Mercado de Ljubljana é ponto de encontro dos habitantes da capital da Eslovénia e uma montra dos produtos locais.

 

Ao longo do rio Ljubljanica, deste a Ponte Tripla até à Ponte dos Dragões, estendem-se dezenas de bancas com legumes, frutas, mel, artesanato, flores, etc.

 

O colorido das bancas e a animação das ruas, com alguns músicos de ocasião, fazem deste local uma das atracções da cidade.

 

Estive lá em junho de 2012.


Terça-feira, 26 de Junho de 2012

 

A meia hora de caminho de Ljubljana, junto à fronteira com a Áustria e tendo os Alpes Julianos como fundo, fica a localidade de Bled, que parece saída de um conto de fadas.

 

Destaque para o lago glaciar, com águas azuis e com uma ilhota (a única ilha da Eslovénia), onde se destaca a torre de uma igreja.

 

Numa das margens do lago, um penhasco com um castelo. Nesse castelo, um restaurante. Foi lá que almoçámos, com vista para o lago.

 

Estive lá em junho de 2012.


 

O centro histórico de Ljubljana, capital da Eslovénia, é pequeno e tranquilo, como mostra esta foto da rua onde fica situada a Câmara Municipal. Para o facto contribui o facto de ter pouco mais do que 270 mil habitantes.

 

Não são precisos mais do que 45 minutos para percorrer todas as ruas do centro da cidade, incluindo um pulo ao castelo, que fica no topo da colina que domina a cidade e acessível por funicular.

 

O estreito rio Ljubljanica passa no meio da cidade e várias pontes ligam as margens, com destaque para a ponte tripla, que são três e a ponte dos dragões, o símbolo da cidade.

 

Estive lá em junho de 2012.


 

As grutas (jama) de Postojna, a sul de Ljubljana, estendem-se por cerca de 19 km.

 

A visita começa por uma trajecto de mini-comboio, de cerca de 10 minutos, atravessando galerias e salas subterrâneas, fazendo lembrar o primeiro Indiana Jones. Segue-se uma visita guiada por mais um quilómetro de slas imponentes.

 

As estalactites e estalagmites podem não ser muito impressionantes pelas suas formas (há melhores em Mira de Aire), mas o que impressiona são as dimensões das salas. Na foto, a sala chamada italiana, pela sugestão de esparguete das estalactites do tecto.

 

Destaque, também, para o tanque com o Proteus, anfíbio cego que só existe neste lugar.

 

Estive lá em junho de 2012.



.sobre
breves apontamentos sobre os locais que já visitei.

visitantes andam por aqui.
.posts recentes

. Castelo de Ljubljana, Esl...

. Mercado Central, Ljubljan...

. Bled, Eslovénia

. Ljubljana, Eslovénia

. Postojna Jama, Eslovénia

.tags

. todas as tags

.pesquisar
 
.mais sobre mim
.arquivos

. Outubro 2014

. Março 2014

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

.estiveram aqui recentemente
Isso e muito lindo
Ainda ontem jantei uma dourada que quase pesava 1K...
Boa tarde, Estive a ver atentamente este blog e ad...
Estaline queria que o metro fosse um ´´espelho`` d...
Já estive lá, fiquei encantada com as construções!...
.links
blogs SAPO
.subscrever feeds